Curta e Siga


Estabilização Segmentar nas Dores de Coluna





Olá! Tudo bem? Esse blog faz parte da Chakalat.net e esse post fala sobre Estabilização Segmentar nas Dores de Coluna.




A estabilidade vertebral é definida como a habilidade de controlar movimento e prevenir movimentos indesejáveis da coluna.

Esta estabilidade é realizada pelos músculos profundos, principalmente, os multífidos e transverso do abdômen.

Quando a coluna vertebral está lesionada, estes músculos não respondem e o corpo se adapta, utilizando musculaturas dinâmicas, responsáveis somente pelo movimento do corpo e não pela estabilidade.

É necessário o recondicionamento destes músculos profundos para gerar proteção novamente.

A coluna vertebral possui diversos músculos com diferentes funções, entre eles estão os músculos estabilizadores dos segmentos da coluna, que possuem características particulares de antecipação, assim agem em conjunto proporcionando estabilidade e proteção às estruturas vertebrais impedindo qualquer sobrecarga à coluna. Estudos evidenciaram que pessoas que possuem dor na coluna, seja por qualquer causa, possuem um processo de inibição e fraqueza destas musculaturas estabilizadoras dos segmentos vertebrais. Portanto está musculatura perde seu caráter de antecipação e proteção, sendo causa fundamental para a progressão de patologias degenerativas da coluna vertebral.

O papel dos estabilizadores segmentares consiste em fornecer proteção e suporte às articulações por meio do controle fisiológico e translacional excessivo do movimento. Os músculos globais atuam encurtando-se ou alongando-se e gerando torque e movimento às articulações. Os locais ligam-se de vértebra a vértebra e são responsáveis pela manutenção da posição dos segmentos lombares durante movimentos funcionais. Essas demandas indicam que exercícios isométricos são mais benéficos por atuarem na reeducação dos músculos profundos. Em um estágio mais avançado de treino, a isometria pode ser combinada com exercícios dinâmicos para outras partes do corpo

Em virtude das diferenças funcionais entre os músculos locais e globais, os exercícios devem ser feitos de formas diferentes quando se objetiva o tratamento das disfunções e das dores. Há pacientes em que os globais mais ativos predominam nos exercícios gerais. É difícil detectar se a ativação dos locais ocorre durante esses exercícios. Por isso, são propostos exercícios específicos que isolam os músculos locais dos globais.

A Estabilização Segmentar Vertebral é utilizada em todo o mundo como ferramenta fundamental para a prevenção e diminuição de recorrências de dores músculos-esqueléticas.

Espero que você tenha gostado da nossa abordagem.

Se você for profissional da saúde, conheça a página que a Quero Conteúdo oferece com materiais gratuitos. Clique aqui .
Você também pode ter informações sobre Cursos Online para Profissionais da Saúde clicando aqui!

Se você quiser receber notícias sobre saúde em geral, entre nos grupos do Whatsapp e no grupo do Telegram.

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!