Curta e Siga


Dicas para não ter dor na coluna em viagens




cirurgia-de-coluna1

Tem coisa mais chata do que você sair de férias e ficar com dor na coluna? Sim, pois dor na coluna é incapacitante e, provavelmente, vai atrapalhar os sues planos. As férias, que são feitas para relaxar  e reabastecer as energias podem acabar sendo marcadas por dores na coluna.

Dores de coluna durante longos trajetos de viagem, seja de carro, ônibus, navio, moto – são mais comuns do que se imagina e podem ser facilmente evitadas com medidas simples.

Para evitar que uma dor na coluna acabe com as férias, aí vão algumas  dicas:

Antes de embarcar: Pouco antes da viagem, é importante fazer exercícios de alongamento para amenizar o impacto das longas horas sentado, exercitar a panturrilha para prevenir Trombose, principalmente no caso de pessoas idosas e obesas;

Poltronas: Escolha sempre assentos mais espaçosos, pois eles possibilitam uma melhor movimentação do corpo;

Melhor posição para viajar: O ideal é ficar deitado, pois essa posição tira a força compreensiva dos discos intervertebrais, no entanto, como nem sempre isso é possível, é importante que o viajante recline ligeiramente a poltrona e use um travesseiro na região lombar;

No trajeto: Evite ficar mais de uma hora sentado, pois a posição sentada sobrecarrega muito os discos lombares (amortecedores que ficam entre as vértebras);

Para quem sofre de dores na coluna: Pessoas que têm problemas cervicais devem, se possível, usar um colar cervical para prevenir crises, pois esse acessório mantém um posicionamento adequado, principalmente durante o sono;

Na hora de dormir: Durante o sono, evite posições viciosas, forçadas. Se preciso, use uma almofada que mantenha o alinhamento da coluna cervical. Usar um travesseiro para apoiar os braços ajuda a relaxar e facilita uma posição mais confortável. Sempre que conseguir, respeite o ciclo de cerca de oito horas em posição horizontal, para tirar a carga vertical da coluna;

Durante a viagem: Quando estiver acordado, levante da poltrona e caminhe a cada duas horas. Quando estiver dormindo, mantenha-se na posição mais horizontal possível e use meias elásticas, de média compressão, caso tenha riscos de desenvolvimento de trombose. Caso sinta dormência – consequência de permanecer longos períodos numa posição forçada ou apoiado em uma parte do corpo – a recomendação é levantar-se e movimentar-se;

Intervalos: É interessante também interromper os longos percursos de viagem, descansando, sempre que possível. Algumas viagens possuem conexões e muitos aeroportos disponibilizam locais com camas para os viajantes dormirem nos intervalos. Verifique esses itens antes de fechar pacotes de viagem.

Se você é profissional que trata pacientes com dor na coluna, tenho uma dica!

Quer se tornar um especialista em COLUNA VERTEBRAL?

Conheça a mais completa certificação em coluna vertebral que você pode fazer! São mais de 300 vídeo aulas, livros complementares e dezenas de conteúdos extras. Possui certificado de conclusão de 120 horas, reconhecido internacionalmente. Clique aqui!



Dicas para Profissionais:
  • Programa de Certificação Completa Excelência em Coluna
  • Curso - Aprenda a tratar Lombalgias
  • Curso - Aprenda a tratar Cervicalgias com Terapia Manual

  • Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

    Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

    Nenhum comentário

    Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!