Como o Pilates pode ajudar na dor da Coluna Vertebral?







 

Uma pesquisa recente realizada por Advil com o apoio do Ibope Conecta mostra que, quando o assunto são as dores nas costas e musculares, manter uma boa postura corporal no dia a dia é a principal atitude para impedir que os incômodos apareçam. Além disso, para evitar as dores musculares, praticar atividade física regularmente é uma atitude importante para 37% dos participantes.

Confira alguns causadores da dor nas costas, e veja como o pilates pode contribuir:

Má postura

Além de fortalecer os músculos importantes para sustentar a coluna e resolver a dor nas costas, o pilates também gera a conscientização sobre a importância da boa postura e qual é a correta. Com o tempo o praticante começa a perceber sua má postura em pé ou sentado e se corrige automaticamente, já com a coluna fortalecida pelos exercícios.

Tensão cervical

Outra causa de dor nas costas é a tensão cervical (no pescoço) e nos ombros, muito comum na vida moderna pelo uso excessivo do computador e pela tensão emocional. E os exercícios do pilates podem contribuir com o relaxamento desses músculos.

Falta de alongamento

A falta de alongamento também pode ser uma causa da dor nas costas. O nosso corpo não foi feito para ficar parado ou na mesma posição, como acontece hoje em dia. O Pilates promove o alongamento global, a medida em que também fortalece o corpo.

Patologias

Por fim, existem  patologias da coluna que causam dor nas costas e podem ser tratadas com o Pilates como Escoliose, Cifose, Lordose, Cervicalgia e Espondilolistese. Outras patologias sem alterações comprovadas na coluna, como Fibromialgia ou doenças  de causa emocional como depressão e ansiedade, mas que geram dores nas costas, também são tratadas com o Pilates diminuindo as dores.

Material de Estudo sobre Pilates


COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!