Gatilhos podem piorar dor na coluna







http://www.grnews.com.br/wp-content/uploads/2014/09/dor.jpg

É difícil você não conhecer alguém que já passou por uma dor na coluna. Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), 85% da população sofrem ou ainda vão sofrer desse mal. Os homens são mais afetados do que as mulheres. Metade dos pacientes se beneficia com recuperação total em duas semanas e 90% dos casos apresentam remissão em seis semanas após o tratamento. E há fatos que aumentam o risco de se ter essas dores, que chamamos de 'gatilho'.


Em geral, essas dores na coluna podem ser provocadas por má postura, excesso de peso, sedentarismo, carregar peso de forma incorreta ou problemas decorrentes da rotina agitada.

Há outros gatilhos possíveis como gravidez, estresse e doenças como artrite, osteoartrose da coluna e osteofitose (bico de papagaio). Algumas vezes, o incômodo se irradia para as pernas ou braços com ou sem dormência.

A falta de condicionamento físico, consequência das facilidades da vida moderna, provoca fraqueza muscular e má postura, causas mais comuns da lombalgia. O sedentarismo ou, paradoxalmente, o ritmo intenso de atividades pode detonar a dor. Idem para o estresse emocional, responsável pela tensão muscular..

Então, para evitar ao máximo essa dor na coluna, é bom manter atenção nesses gatilhos que podem desencadear essas dores.


COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!