Cuidado com as costas na hora da corrida










2x: é quanto aumenta o risco de dores na coluna em mulheres com mais de 40 anos e em homens acima dos 30 anos

Calçar os tênis e dar passadas aceleradas parece simples. Mas é aí que mora o perigo, principalmente para as vértebras. As pessoas geralmente começam a correr sem orientação e, com isso, se expoem a lesões. Tal conclusão não surgiu ao acaso. Em um trabalho recente, o especialista questionou 240 praticantes desse esporte e observou que quase metade padecia com incômodos na espinha. Os dados preocupam, porque os exercícios, quando bem realizados, na verdade atenuam as dores.

No que prestar atenção

Repouso Tire ao menos um dia de descanso entre um treino e outro. Assim o corpo tem tempo para se regenerar.

Musculação Malhar as pernas ajuda a aguentar o impacto decorrente da corrida. Mas não se esqueça do abdômen e das costas.

Postura Nada de posição militar. Os ombros devem ficar relaxados, o peito aberto e o queixo apontado levemente para baixo.

Equipamento Escolha um calçado adequado ao seu pé e vista roupas confortáveis, que não encharquem com suor.

Diferenças entre os sexos
A corrida não afeta homens e mulheres da mesma maneira

49% das mulheres relataram sofrer com incômodos nas costas. Entre elas:

18% dores na região cervical

25% dores nas regiões cervical e lombar

57%  dores na região lombar

39% dos homens afirmaram sentir dores na coluna. Entre eles:

28% dores na região cervical

18% dores nas regiões cervical e lombar

54% dores na região lombar


COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!