Curta e Siga


Previna dores na coluna





Não se sentar nem se levantar direito e pegar alguma coisa no chão dobrando a coluna e não os joelhos são as causas principais de dores na coluna. Esses maus costumes provocam desconforto na região inferior da coluna que vai da última costela até o início dos glúteos.

As dores nas costas já atrapalharam muito a vida da assistente operacional Elaine Souza. "Eu sentia dores nas costas, me dava cansaço e isso atrapalhava nas atividades e para dormir. Às vezes com dores eu deixava de fazer muitas coisas. E acaba atrapalhando no resto das atividades".

O ortopedista especializado em coluna do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), Luiz Carelli, alerta para a frequência das dores. Para o especialista, três dias sentindo dores já são suficientes para ficar preocupado. Ele fala que as dores podem esconder problemas mais sérios. "Não é só dor lombar. É aquela dor lombar associada ou com uma ciática que a dor por trás normalmente da perna irradiando até o pé que pode denotar a existência de problemas mais sérios como as hérnias de discos".

O ortopedista explica como evitar as dores na coluna. "Uma auto-avaliação da nossa postura em casa assistindo à televisão, no próprio ambiente de trabalho. Ter o que nós chamamos de uma ergometria dentro do ambiente de trabalho. A mesa e a cadeira muito bem ajustada. O computador, no caso dos profissionais que lidam com essa ferramenta. Tudo muito bem equilibrado, a altura da cadeira, cotovelos, boa postura, associado também a uma atividade física regular".

O tratamento para as dores na coluna pode ser feito com remédios, fisioterapia e atividade física.




Dicas para Profissionais:
  • Programa de Certificação Completa Excelência em Coluna
  • Curso - Aprenda a tratar Lombalgias
  • Curso - Aprenda a tratar Cervicalgias com Terapia Manual

  • Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

    Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

    Nenhum comentário

    Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!