Dores na coluna cervical não tem ligação com trabalho no computador








O grupo de pesquisadores do Departamento de Medicina Ocupacional da Universidade de Kopenhagen realizou recentemente uma revisão sistemática da literatura médica e não encontrou evidências de que exista alguma relação direta entre o trabalho em computadores e a síndrome do Túnel do Carpo.

O resultado também foi confirmado pelos pesquisadores do National Institute of Occupational Health da Noruega, que publicaram a mesma ausência de evidências no BMC Musculoskeletal Disorders em abril de 2010.

De acordo com o especialista da OrtoCorpore, Carlos Henrique Fernandes, "até o momento, não é possível fazer uma associação entre o trabalho em computador e as dores na coluna cervical e nos membros superiores".

COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!