Postura adequada no trabalho pra fugir da dor nas costas







Hoje em dia é quase impossível falar em trabalho sem pensar em computador. Não há escritor que trabalhe no papel ou engenheiro que calcule medidas na régua: todos se renderam à agilidade do teclado, do mouse e dos milhares de programas que facilitam a nossa vida. Mas com as vantagens vêm as dores nas costas, nos pescoços, nos pulsos... Dá pra evitar?

A professora Roberta Consentino, especialista em ergonomia e docente na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, explica como certos detalhes podem tornar nosso dia-a-dia mais ou menos cansativo e doloroso. Para entender melhor, repare na sua mesa de trabalho: a largura é suficiente para organizar todas as suas tarefas diárias? A profundidade permite que você mantenha o monitor a 70 ou 80cm dos olhos? Isso é apenas o começo.

Após adequado o tamanho da mesa, é hora de organizar a bagunça: teclado, mouse e bloco de notas devem ficar mais próximos ao corpo, e os demais objetos devem ser posicionados por freqüência de uso. O ideal é que você não precise afastar as costas da cadeira ou esticar os braços com freqüência. Cuidado com cestos de lixo e CPUs na área sob a mesa – eles não podem prejudicar o movimento das pernas.

Para adequar as medidas dos móveis ao seu conforto, preste atenção a estas regras:

- A altura da mesa (ou do suporte para teclado) deve permitir que os braços fiquem relaxados, formando um ângulo de aproximadamente 90º. Se a mesa estiver muito alta ou muito baixa, ajuste a altura da cadeira. Se for preciso, use almofadas firmes.

- As pernas devem ficar semi-flexionadas e os calcanhares totalmente apoiados no chão (nunca deixe os pés soltos, pois estará pressionando as coxas e prejudicando a circulação). Se a mesa estiver alta ou a cadeira não possuir regulagem, coloque um apoio sob os pés (ele deve ser firme e, de preferência, não muito estreito).

- A profundidade do assento não pode ser maior que a das coxas, para que as costas fiquem apoiadas sem pressionar as pernas. Se for maior, coloque uma almofada entre o encosto e as costas (tenha sempre várias almofadas em casa, pois sofás e poltronas costumam ter o assento mais profundo).

- Nada de encostos retos. Aquela curvatura natural da coluna é importante e deve ser mantida quando estamos sentados. Se for necessário, use uma almofada mais arredondada para criar essa forma.

- O centro da tela deve ficar à altura dos olhos. Para isso, pode ser necessário colocar um suporte reto sob o monitor. Evite desviar muito o olhar da tela, para não cansar o pescoço.

Pode parecer difícil manter uma postura totalmente reta, sem nem cruzar as pernas de vez em quando, mas não se preocupe. A instrutora de postura e valorização pessoal Christine Yufon, autora do livro “Toda mulher pode ser bonita”, explica que estas regras não precisam ser uma obsessão: “No dia-a-dia, devemos nos empenhar em adquirir uma postura que seja 80% correta. Os 20% restantes traduzirão as características pessoais de cada um”.


COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!