Sua coluna está doendo?







Veja se tem algumas das causas descritas. Saber a causa facilita no tratamento

Vícios de posturais

A principal causa de dor nas costas são os vícios  posturais. "Essa é a causa mais comum de dor aguda. A falta de consciência corporal  leva as pessoas a ficarem  com em uma posição ruim o dia todo",
A capacidade da coluna vertebral adaptar-se a esses vícios é limitada. Não é por falta de uso. Somente a coluna cervical (parte superior da coluna) realiza 600 movimentos por hora, quase um a cada seis segundos. A forma como você trabalha , como fica sentado, como fica em pé, como anda, como se abaixa para pegar um objeto que caiu, como dorme e como se levanta. Cada atividade exige consciência corporal para preservar a saúde da sua coluna . Uma vez que, de modo geral, a dor nas costas relacionada esta causa melhora com repouso, poucos são os que se preocupam com ela. E o problema pode ser mantido por anos a fio sem que seja realcionado com alguma atividade rotineira.

Deformidades na coluna
Escoliose, hiperlordose e hipercifose podem ser um fator de risco ou a origem da dor, mas só se tornam causa do problema quando associadas a outros aspectos. Um exemplo é quando a musculatura flácida deixa de oferecer sustentação para a coluna, posturas inadequadas ou atividades sem consciência como carregar uma simples mochila, poe exemplo, estados de tensão e ansiedade que tensionam a musculatura ao ponto de causar desvios das vertebras. A gravidade varia conforme o ângulo de curvatura.

Sedentarismo
O sedentarismo enfraquece a musculatura de sustentação e contribuía para o desalinhamento da coluna,  falta de lubrificação e conseqüente desnutrição das estruturas osteoartiuclares. Para sair deste estado é  necessário escolher uma atividade adequada, começar devagar e com supervisão. Se por um lado o exercício físico alonga e fortalece os músculos, esimula a lubrificação e nutre as articulações e os discos, por outro lado alguns podem aumentar as dores ou piorar o estado de quem já sofre com o problema.

Obesidade
Para afetar a coluna, não é necessário entrar na categoria de obeso. Cada 10 quilos a mais do que o recomendado aumenta em 20% o risco de dor nas costas. Ou seja, considerando uma pessoa com o peso normal, o aumento de  apenas 2,5 quilos no peso, que é uma variação até considerada normal para muitos,  acresce em 5% a chance da pessoa vir a sofrer de dor nas costas.

Gravidez
As mulheres grávidas  costuma sofre com dores na coluna. Porém, percebe-se que a intencidade  é pior no primeiro trimestre. Muitos especialistas acreditam que a causa  seja a mudança hormonal. O hormônio relaxaria e diminuiria o tônus da musculatura, especialmente da pélvis. O aumento de peso força as estruturas osteoarticulares e também geram a dor. A alteração da postura também contribui. Para resolver o problema exercícios adequados devem ser indicados.

Tabagismo
Pouco se fala a respeito do tabagismo  como causador de dores nas costas. Mas o fato é que o cigarro, além de todos os prejuízos já conhecidos à saúde, também pode afetar o bom funcionamento da coluna vertebral. Pesquisas demonstram que , a dor nas costas costuma tornar-se crônica mais freqüentemente entre os fumantes. Parece que  os discos situados entre as vértebras são afetados pelo tabaco, uma vez que este altera a circulação sanguinea e consequentemente a nutrição dos discos e vértebras.

Causas emocionais
A sensação de carregar o mundo nas costas, pode tensionar as delicadas estruturas da coluna e desencadear a dor. Já existe um consenso de que as dores nas costas podem ser conseqüência de problemas emocionais. Segundo Arnaldo Libman, reumatologista e diretor do Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo, do Rio de janeiro autor do livro "Cure sua Coluna: "Emoções negativas podem se manifestar por dor"… "É freqüente a junção de alterações físicas e emocionais em pessoas que têm problemas de coluna". O estresse e a depressão também provocam dor nas costas, em um círculo vicioso complicado. Por isso, o aspecto psicológico e emocional precisa ser considerado antes, durante e depois do tratamento.

Doenças que causam dores nas costas
Existem até 100 doenças que podem causar dor nas costas. A hérnia de disco é uma das mais freqüentes. Mais de 95% dos casos dispensam cirurgia, ocorrendo absorção do disco após após exercícios direcionados e tratamento. A osteoporose,  comum em mulheres que entram na menopausa e atinge cerca de 10% dos homens acima dos 50 anos. Outra doença que causa muitas dores é a artrose, considerada uma doença degenerativa comum em pessoas com mais de 45 anos. Além dessas, doenças reumáticas, infecciosas, inflamatórias (como artrite e espondilite) e até a presença de tumores podem provocar problemas na coluna.

COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!