O papel do alongamento na prevenção de dores lombares








Devido à evolução e a chamada era da informática, muitos indivíduos permanecem muito tempo sentado na frente de computadores, ou passam a maior parte do seu dia sentados, além daqueles que passam o dia carregando peso, erguendo e abaixando-se de forma incorreta, sem orientação ou cuidado. Todas essas pessoas acabam tendo seus corpos prejudicados, e por isso é comum encontrar tanto crianças quanto idosos em clínicas de Fisioterapia com problemas de coluna, diminuição de mobilidade articular, dores e principalmente encurtamento muscular, envolvendo os músculos posteriores das pernas e quadril.

Atualmente, grande parte da população sofre de disfunções na coluna vertebral, devido à má postura e especialmente pela falta de alongamento da musculatura que envolve toda a parte posterior das pernas e quadril. Um dos problemas que podem surgir é a lombalgia, que ocorre na altura da coluna lombar e no quadril, irradiando para outras partes do corpo e causa muita dor, podendo levar até a incapacidade de se movimentar e mesmo de trabalhar.

Uma técnica utilizada para prevenir as dores da lombalgia e obter um aumento da amplitude no movimento das pernas é o alongamento dos músculos da parte inferior da coxa. Ele deve ser feito na parte posterior da coxa porque é ali que todas as musculaturas estão interligadas: os músculos da panturrilha, que saem do tornozelo e se encaixam no joelho; os da parte posterior da coxa, que vão do joelho até o quadril; os da lombar, que saem do quadril e vão até a coluna, e o músculo principal, que é a união de alguns músculos, chamado de ísquio-tibial.

O alongamento, de um modo geral e realizado diariamente, torna-se um grande aliado na melhora da qualidade de vida, tanto nos aspectos funcionais, relacionados à dor quanto nos aspectos emocionais. Atua na diminuição do estado de contração do músculo, no encurtamento e na contração involuntária do músculo, o que ajuda a evitar lesões musculoesqueléticas. Isso mostra como é importante a prática do alongamento muscular, afim de que surjam desconfortos ou dores e proporcionar qualidade de vida funcional e mental do indivíduo.

*Caroline Mamie Tsuru é fisioterapeuta do Sefit Prevenção Laboral.


COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!