segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Dores no nervo ciático







Quem já teve dores no ciático não esquece, e muitas mulheres tem essa dor, que incomoda muito, pois são dores latejantes para andar ou simplesmente permanecer sentado. Ele é o maior nervo em nosso corpo, ele inicia nos últimos espaços entre as vértebras da coluna lombar e se ramifica até os membros inferiores, passando pela bacia. E esse é o caminho por onde a dor se irradia. Em geral, o desconforto é tanto que alguns movimentos, como levantar chegam a travar, fazer caminhada normalmente fica complicado, qualquer coisa que tente não facilita e nem diminui a dor.

A compressão do nervo resulta a dor, e como em caso de hérnias de disco ou por ficar com a postura errada, e a dor no ciático piora ou melhora com alguns movimentos e ou posições, diferente da cólica renal que é constante e não melhora nas mudanças de posições.

Uma das causa da dor do nervo ciático é a hérnia de disco, que é o deslocamento da substância gelatinosa que age como uma "almofada" entre diferentes vértebras que integram a coluna. Os discos formam hérnias por enfraquecimento, sobrecargas ou movimentos bruscos. Além da hérnia o problema também pode ser causado por uma afecção artrítica das vértebras ou um tumor. Dores semelhantes às causa das pelo nervo ciático podem ser sintomas de outras doenças, o que exige consulta médica para o diagnóstico e tratamento adequado.

Para as dores no nervo ciático não existe uma causa especifica, pode ser resultado da obesidade, do sedentarismo, da má postura, de desvios posturais e até de uma artrose degenerativa.

O exame para saber se é ciático, em primeiro lugar é feito o teste de Lasegue, em que o paciente fica deitado e um dos membros inferiores (perna) é levantado. E a dor aparece quando o membro atinge um ângulo de 30° com a maca. Há também a possibilidade de um exame radiográfico para verificar o nível de compressão do nervo, mas o principal exame é a Ressonância Nuclear Magnética.

Os métodos têm como principal finalidade melhorar as dores no ciático envolve a descompressão do nervo. Para dar fim ao drama, há a possibilidade de tratamentos cirúrgicos e não-cirúrgicos. O método cirúrgico, com melhor evolução do paciente após o procedimento, é o chamado artrodese, que consiste em fixações com parafusos e hastes para abrir espaço na região da compressão do nervo.

Para cada caso terá um método, se tem hérnias de disco e em grande volume e apertam o nervo, o método mais recomendado é a cirurgia. Porém, mesmo que a operação seja o melhor caminho, ainda assim há restrições. Se ainda tiver obesidade mórbida, pessoas com problemas de coagulação ou quando há contra-indicação clínica, do ponto de vista cardiológico, nesse caso tratamento não cirúrgico sempre será o melhor indicado.

Mas se não deseja ir para o bisturi, tem o pilates uma técnica mais procurada e efeciente, mas ela é um pouco diferente da que é feita nas academias. O exercício deve ser acompanhado por profissionais fisioterapeutas e direcionado para resolver esse problema, e a recuperação é lenta e os resultados aparecem cerca de um mês após o início do tratamento. E o cirúrgico apresenta um resultado mais rápido, porque ocorre a descompressão total da hérnia discal.

O repouso é o melhor remédio para a inflamação do nervo ciático. A dor também pode ser atenuada com uma postura que relaxe o nervo, como a flexão dos joelhos, como as costas bem apoiadas em uma superfície plana e moderadamente rígida. Os ataques do nervo ciático devido à hérnia de disco pode prolongar-se por várias semanas e, neste caso, o médico sugere repouso e, de acordo com a intensidade da dor, antiinflamatórios e compostos vitamínicos do grupo B.

Os especialistas aconselham para diminuir as dores no nervo, e antes que você não suporte, faça em reeducação alimentar (para evitar o sobrepeso) e exercícios físicos para eliminar a sobrecarga e não prejudicar a postura. Você deve fazer exercícios que reforcem as musculaturas do abdômen, lombar e glúteos, alem claro de pilates. Procure evitar cadeiras que permitam movimentos exagerados, como aquelas que arcam demais para atrás. A cadeira ideal não precisa ser a mais desconfortável da loja, mas tem assento firme e o encosto reto. E a noite na cama procure dormir de barriga para cima, use também um apoio, como uma almofada, para ser colocado atrás dos joelhos e não forçar o nervo.

Você já acessou o blog sobre Hérnia de Disco hoje?

2 comentários:

  1. Você tem que ver através dos testes a gravidade da causa e ai fazer um plano de tratamento.
    A Quiropraxia é especializada nessa dor no nervo ciático.
    Parabéns pelas matérias.
    Fabio.

    ResponderExcluir

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...