Dor na coluna lombar









Dor lombar é uma dor ou rigidez na região baixa das costas. Na maioria das vezes, é causada quando um músculo nas costas é estirado, submetido a tração. Por exemplo, pode ocorrer ao levantar um objeto pesado ou quando permanecer sentado ou de pé por muito tempo. Problemas de saúde, como artrite, também podem causar dor nas costas.

Leia também:

A dor lombar pode durar um ou dois dias, algumas semanas, ou mais e pode ocorrer em lugar específico ou atingir as nádegas e as pernas.

Consulte o médico imediatamente se a dor apresentar-se nas costas com os seguintes sintomas:

- Falta de controle da bexiga ou intestino.
- Dificuldades para movimentar as pernas ou para caminhar.
- Dormência ou formigamento nos braços ou pernas.

Estes sintomas podem significar que você tenha machucado a coluna vertebral e nervos.

Como proceder o tratamento?

Aqui estão algumas boas idéias para cuidar de dor nas costas:

- Use um aquecedor elétrico em baixa potência (ou uma garrafa com água quente enrolada em uma toalha) por 20 a 30 minutos (não deixe o aquecedor ficar muito quente e não durma com ele ligado para evitar queimaduras).
- Use um pacote com gelo enrolado em uma toalha durante 20 minutos, de uma a quatro vezes ao dia.
- Tome aspirina, ibuprofeno, ou outros analgésicos sugeridos por seu médico.
- Pergunte sobre exercícios que você pode fazer para alongar e fortalecer seus músculos das costas.

Quando você dormir ou deitar-se, mantenha em mente as seguintes dicas:

- Descanse em um colchão firme. Pode ser útil deitar de costas com os joelhos elevados ou deitar de lado com seus joelhos dobrados.
- Ponha um travesseiro debaixo dos seus joelhos enquanto estiver deitado (a).
- Durma sem travesseiro sob sua cabeça.

Pergunte a seu médico se:

- Deve usar uma cinta para sustentação das suas costas.
- Deve fazer uma visita a um fisioterapeuta para trações.
- Deve ter suas costas massageadas por uma pessoa treinada.

Conforme sinta-se melhor, será capaz de fazer cada vez mais coisas. Mas aja com cautela e pare suas atividades imediatamente se:

- Os sintomas retornarem.
- Tiver mais dor após ter reiniciado as atividades.

Consulte seu médico se a dor está mais forte apesar do tratamento.

Que cuidados devem ser tomados?

Reduzir a sobrecarga nas costas pode trazer algum benefício.

Aqui estão algumas idéias que podem ajudar:

- Tente alcançar e manter um peso saudável.
- Mantenha boa postura. Fique com a cabeça para cima, ombros retos, peito para frente, suportando seu peso com ambos os pés e a pelve bem encaixada.
- Sente-se em uma cadeira com o encosto reto e firme a coluna vertebral contra o encosto da cadeira.
- Sente-se perto dos pedais do carro ao dirigir. Use o cinto de segurança e um descanso rígido para as costas ou travesseiro.
- Utilize um descanso para um dos pés quando estiver de pé ou sentado (a) por muito tempo.
- Dobre seus joelhos ao agachar.

Aqui estão algumas dicas para mover ou levantar objetos pesados:

- Não utilize seus braços para tentar mover um objeto pesado. Vire-se e empurre-o de costas, de maneira que suas pernas absorvam a carga.
- Dobre seus joelhos e quadril e mantenha o dorso ereto quando você for levantar um objeto pesado.
- Não levante objetos pesados acima da altura da sua cintura.
- Segure objetos que esteja carregando próximos a seu corpo, com os braços dobrados.

Para descansar as costas, faça estes exercícios por 5 minutos ou mais tempo:

- Deite de costas, dobre seus joelhos, e ponha travesseiros sob eles.
- Deite de costas, coloque um travesseiro sob seu pescoço, dobre seus joelhos em um ângulo de 90 graus e ponha as panturrilhas e pés sobre uma cadeira.
- Deite de costas, dobre seus joelhos, traga um joelho de encontro ao peito e segure-o. Repita este movimento com o outro joelho, depois traga ambos os joelhos de encontro ao peito. Ao segurar o joelho contra o peito, segure sua coxa ao invés da panturrilha.

Escrito por B.D. Schmitt, M.D., autor de "Your Child's Health", Bantam Books. Copyright 1999 Clinical Reference Systems

COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários:

Comente com educação que o seu comentário será aprovado. Participe sempre!